Saudade é o corpo ardente que sente calafrios por quem não veio, e que permanece vazio ao mesmo tempo em que cheio...

Paulo Cesar Coelho

A mulher é a poesia que todo poeta sonha fazer.

Áudios

MANINHA
Data: 18/12/2012
Créditos:
Canção oração - Germano Ribeiro e Paulo Cesar Coelho
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Maninha ...
Áudio- http://www.recantodasletras.com.br/audios/cancoes/52787


Maninha eu queria
Tanto ver teu despertar,
Amanhece um novo dia
Vê, é tempo de acordar



Abre os olhos, há um mundo
Novo a conquistar
Já pedi pro bom Jesus

E Deus do céu te abençoar


Maninha, eu prometo
Não falar mais de tristeza
Sou vou dizer de coisas,
Que revelem tua beleza

 
É certo te dizer
Da muita falta que nos faz
Devolve num sorriso
O teu abraço outra vez mais


Se eu tivesse a força
Que preciso agora ter

Te juro, a cada anjo ao teu lado
Eu ia dizer:
 
- É tempo da maninha
Bem depressa despertar
Com cada pedacinho de amor
Que for possível lhe entregar
 
Germano Ribeiro & Paulo Cesar Coelho
Dezembro/2012
 
 
Enviado por paulo cesar coelho em 18/12/2012

Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Todos os textos estão protegidos por Lei. Caso precise usá-los, para fins didáticos educativos, por favor, faça contato: paulopoetacoelho@bol.com.br Sites: www.pcoelho.prosaeverso.net www.luso-poemas.net/modules/news/index.php?uid=1012