Saudade é o corpo ardente que sente calafrios por quem não veio, e que permanece vazio ao mesmo tempo em que cheio...

Paulo Cesar Coelho

A mulher é a poesia que todo poeta sonha fazer.

Áudios

Lá vem ela...
Data: 02/03/2013
Créditos:
Autores: Paulo César Coelho
Germano Ribeiro
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


 
Lá vem ela ...
 
 
Lá vem ela,
Corpo inteiro prateado,
 
Fantasia,
Guarda o cheiro de guardado,
 
Vem dizer,
- Hoje vai ser decretado,
 
Que sambar e amar demais
Não é pecado,
 
Lá vem ela,
Vem dizer, tá combinado ,
 
Faz saber que se o amor,
For priorizado ,
 
Por três dias é brincar,
Na brincadeira
 
De domingo a terça feira
Reina o seu reinado
 
Lá vem ela,
A tristeza é do passado,
 
Colombina,
E o pierrot apaixonado,
 
Vêm dizer,
- Hoje está sacramentado,
 
Que sambar e amar demais
Não é pecado,
 
 
 
 
Lá vem ela,
Mostra o céu todo estrelado ,
 
Vem dizer,
Que tudo é tão abençoado,
 
Na folia,
Desce a rua da ladeira
 
Vai sambar a noite inteira
Esse é o seu legado
 
Lá vem ela
Coração bate apressado
 
Esse ano
Não tem mais lugar errado
 
Vem dizer
- Saiu nos classificados
 
Que sambar e amar demais
Não é pecado,
 
Lá vem ela
Exibindo seu gingado
 
Sem saber
Brota paixão por todo lado
 
La vem ela
Coração não se contém,
 
Vem chegando na avenida
É ela lá que vem
 
Enviado por paulo cesar coelho em 02/03/2013

Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Todos os textos estão protegidos por Lei. Caso precise usá-los, para fins didáticos educativos, por favor, faça contato: paulopoetacoelho@bol.com.br Sites: www.pcoelho.prosaeverso.net www.luso-poemas.net/modules/news/index.php?uid=1012