Saudade é o corpo ardente que sente calafrios por quem não veio, e que permanece vazio ao mesmo tempo em que cheio...

Paulo Cesar Coelho

A mulher é a poesia que todo poeta sonha fazer.

Áudios

ESTRANHA PAIXÃO...
Data: 19/03/2013
Créditos:
Autores: Paulo Cesar Coelho e Germano Ribeiro
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


 Estranha Paixão...
Áudio: http://www.recantodasletras.com.br/audios/cancoes/54494
 
 
 
Lá vem você
De braços dados
Com a desilusão

Que num repente,

Sem licença,
Entra no meu coração

E a qualquer hora,
Sem pedir,
Profana todo o meu ser...
 
Por que meu Deus
Você me fez assim...
 
Desesperada,
Fiz promessas,
Fui a pé, em procissão
 
Mas seu retrato,
Na estante,
É o meu sinal de indecisão
 
Se for embora
Sei que a dor
Parece, não vai ter fim
 
Por que, meu Deus
Você me fez assim...
 
Tantas “histórias”,
Diz que agora,
Encontrou ocupação
 
Que o que passei
É do passado
Diz: “meu bem, não liga não”
 
Chega mais tarde,
Cantarolando
Com cheiro de botequim
 
Por que, meu Deus
Você me fez assim...

Arrependido,
De mansinho,
Implora o meu perdão
 
Com um sorriso,
Desarruma,
As batidas do meu coração
 
Faço uma prece,
Num murmúrio,
Ao nosso Senhor do Bonfim
 
Por que, meu Deus
Você me fez assim...
 
Enviado por paulo cesar coelho em 19/03/2013

Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Todos os textos estão protegidos por Lei. Caso precise usá-los, para fins didáticos educativos, por favor, faça contato: paulopoetacoelho@bol.com.br Sites: www.pcoelho.prosaeverso.net www.luso-poemas.net/modules/news/index.php?uid=1012