Saudade é o corpo ardente que sente calafrios por quem não veio, e que permanece vazio ao mesmo tempo em que cheio...

Paulo Cesar Coelho

A mulher é a poesia que todo poeta sonha fazer.

Áudios

QUERO AMAR DE NOVO
Data: 17/08/2018
Créditos:
Autoria:
Texto e voz - Paulo Cesar Coelho
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


QUERO AMAR DE NOVO
 
Dos amores que tive na vida
Poucos, uns poucos mesmo, talvez dois
Ou três foram realmente especiais!
 
De todos, existiu um de sentimentos enormes
Sofrimentos ainda maiores, por vezes, de saudade
Outras, por total e absurda vontade
De querer cada vez mais!
 
Alguns amores passaram por mim
Despercebidos não deixaram mágoas
Nem marcas, enquanto outros feriram
Marcaram com ferro em brasa
Tornaram-se inesquecíveis!
 
Quero um amor assim, outra vez!
 
Quero voltar a desejar, sofrer de saudade
Sentir-me vivo pulsante, latejante de uma forma
Doída, de uma forma prazerosa... Quero sentir
Todo rebuliço da vida! Aproveitar cada instante
De uma cumplicidade irrestrita, fervorosa, infinita!
 
Quero um amor que me deixe
Novamente louco, abobalhado, insano
Só um pouco, e que por assim, tão diferente
Faça-me feliz de novo!


Poema classificado em terceiro lugar no Festival  Nacional de Poesia de Conservatória- RJ  - 2015.

 
Enviado por paulo cesar coelho em 25/08/2008

Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Todos os textos estão protegidos por Lei. Caso precise usá-los, para fins didáticos educativos, por favor, faça contato: paulopoetacoelho@bol.com.br Sites: www.pcoelho.prosaeverso.net www.luso-poemas.net/modules/news/index.php?uid=1012