Saudade é o corpo ardente que sente calafrios por quem não veio, e que permanece vazio ao mesmo tempo em que cheio...

Paulo Cesar Coelho

A mulher é a poesia que todo poeta sonha fazer.

Textos


VIDA BREVE
 
Daqui a pouco é dois mil e cem. 
Os meus amigos não vou mais abraçar, 
Não sorrirei para mais ninguém, 
As amizades do quiosque 
Não terei mais. 

Daqui a pouco não terei ninguém 
Não sentirei mais a beleza do seu olhar 
A alegria de um rio passando, o gosto 
Gostoso de uma cerveja gelada, 
Nem o sabor inigualável 
Dos vinhos... 

Não observarei os pássaros nas árvores 
O colorido de flores enfeitando os jardins, 
Crianças brincando nos parques 
E as chuvas de março? 

Não guardarei se quer na memória 
A lembrança dos meus filhos 
Porque daqui a pouco 
Já é dois mil e cem. 



 

 
paulo cesar coelho
Enviado por paulo cesar coelho em 04/12/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Todos os textos estão protegidos por Lei. Caso precise usá-los, para fins didáticos educativos, por favor, faça contato: paulopoetacoelho@bol.com.br Sites: www.pcoelho.prosaeverso.net www.luso-poemas.net/modules/news/index.php?uid=1012