Saudade é o corpo ardente que sente calafrios por quem não veio, e que permanece vazio ao mesmo tempo em que cheio...

Paulo Cesar Coelho

A mulher é a poesia que todo poeta sonha fazer.

Textos


AMOR ESCONDIDO 

Você preferiu acreditar 
Que não gostava mais, pra se afastar de mim. 
Preferiu machucar o próprio coração, viver na incerteza 
De nós dois, a ter um amor junto a ti, para sempre. 

Agora te vejo amargurada pela saudade 
Sem saber como matar esse amor 
Que ainda existe em ti... 

Não deixou se quer alguma fresta 
Que eu pudesse num sarau numa seresta 
Dizer que ainda te amo demais! 

E assim, vamos vivendo esse nosso dilema 
Eu aqui você na serra, um sentindo calor 
Enquanto o outro, o frio que ainda emperra 
A consagração de nossa união. 

Tudo poderia ser diferente 
Quando se ama sempre há conciliação! 

Basta que deixemos o nosso orgulho de lado 
Sem castigos e sem pecados nos beijemos 
Em toda nossa imensidão...

 
paulo cesar coelho
Enviado por paulo cesar coelho em 21/11/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Todos os textos estão protegidos por Lei. Caso precise usá-los, para fins didáticos educativos, por favor, faça contato: paulopoetacoelho@bol.com.br Sites: www.pcoelho.prosaeverso.net www.luso-poemas.net/modules/news/index.php?uid=1012