Saudade é o corpo ardente que sente calafrios por quem não veio, e que permanece vazio ao mesmo tempo em que cheio...

Paulo Cesar Coelho

A mulher é a poesia que todo poeta sonha fazer.

Textos


Desabafa

 

Procuro, identificar no teu semblante amigo

O mistério dos teus olhos num grande espanto

Minh' alma dilacerada caminha, chora comigo

Se, encontro dúvidas, medos, invés de encanto

 

Ser ou não ser amado eis o dilema que reflito

Como a criança que embala um amor adulto

Olhar-te em vão nas dúvidas que sepulcro

Vivendo na desgraça de um coração aflito

 

Diz afinal, qual o teu prazer supremo?

Ver-me afundar do sonho ao pesadelo

No martírio cruel do desespero extremo

 

Alma que vaga a sentir-se só, como salvá-la?

Diz-me a verdade, enfim, ouvi-la não temo

Desabafa! Dispa-se desse mistério, e fala.

Paulo Cesar Coelho
Enviado por Paulo Cesar Coelho em 02/12/2022
Alterado em 03/12/2022
Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Todos os textos estão protegidos por Lei. Caso precise usá-los, para fins didáticos educativos, por favor, faça contato: paulopoetacoelho@bol.com.br Sites: www.pcoelho.prosaeverso.net www.luso-poemas.net/modules/news/index.php?uid=1012